EUA avaliam mais sanções à Rússia por conflito na Ucrânia, diz Kerry

sábado, 21 de fevereiro de 2015 13:07 BRST
 

LONDRES (Reuters) - Os Estados Unidos e seus aliados estão discutindo sanções adicionais contra a Rússia por seu papel no leste da Ucrânia, minando uma trégua negociada pela Europa.

"A Rússia entrou em um processo absolutamente descarado e cínico nesses últimos dias", disse o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, neste sábado, no início de uma reunião com seu homólogo britânico, Philip Hammond.

"Estamos falando de sanções adicionais, esforços adicionais, estou confiante de que nos próximos dias fique claro que não vamos jogar... e fazer parte desse comportamento extraordinariamente covarde."

Uma autoridade dos Estados Unidos disse que o conflito ucraniano deverá dominar as conversas entre Kerry e o secretário britânico.

As discussões também incluiriam os combates na Síria e no Iraque, as próximas eleições da Nigéria, bem como a situação entre israelenses e palestinos, disse o funcionário.

A Ucrânia acusou Moscou na sexta-feira de enviar mais tanques e tropas para o leste da Ucrânia, apesar da trégua que entrou em vigor no último domingo.

Moscou não respondeu imediatamente à acusação, mas sempre negou no passado as acusações de que suas forças estão lutando na Ucrânia.

"Não há dúvida de que tem havido um grande número de violações (do cessar-fogo)", disse a autoridade norte-americana.

"A questão é de onde partiremos a partir daqui e quais são os custos que devem ser impostos", acrescentou.   Continuação...