EUA e Irã se reúnem neste domingo para negociação nuclear

domingo, 22 de fevereiro de 2015 15:00 BRT
 

Por Lesley Wroughton

GENEBRA (Reuters) - O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, e o ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, tentam reduzir as lacunas em uma nova rodada de negociações nucleares em Genebra, neste domingo, enquanto buscam cumprir o prazo de 31 de março para um acordo político.

Antes de Kerry chegar em Genebra, Zarif disse à mídia estatal iraniana que as negociações bilaterais tinham produzido "boas discussões, mas nenhum acordo", e algumas diferenças permaneciam.

"A diferença fundamental, na minha opinião, é psicológica. Alguns países ocidentais, os Estados Unidos em particular, consideram as sanções um ativo, uma alavanca para exercer pressão sobre o Irã. Enquanto esse pensamento persistir, será muito duro, difícil de chegar a um acordo."

Kerry não fez comentários em sua chegada a Genebra. Ele foi se encontrar primeiro com membros da delegação dos Estados Unidos, antes de se sentar com Zarif.

Juntando-se as negociações pela primeira vez estão o Secretário de Energia dos EUA Ernest Moniz e o chefe nuclear do Irã Ali Akbar Salehi, bem como um assessor próximo e irmão do presidente do Irã Hassan Rouhani, Hossein Fereydoon.

Kerry disse no sábado que a presença de Moniz refletia a natureza altamente técnica das negociações atuais e de modo algum significava "que algo está para ser decidido".

"Ainda há uma distância a percorrer", disse Kerry em Londres, onde se encontrou com o secretário do Exterior britânico, Philip Hammond.

(Reportagem adicional de Merhdad Balali em Dubai e Jeffrey Heller em Jerusalém)