Gol diz que demanda total cresceu 13,7% em janeiro e oferta subiu 6,5%

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015 11:29 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A companhia aérea Gol teve crescimento de 13,7 por cento na demanda total por seus voos em janeiro ante o mesmo mês do ano passado, enquanto a oferta avançou 6,5 por cento, informou a empresa em comunicado sobre seus dados de tráfego nesta segunda-feira.

O desempenho levou a taxa de ocupação do sistema total da companhia a alcançar 83,1 por cento no mês passado, alta de 5,3 pontos percentuais ante o mesmo período de 2014. Na comparação com dezembro de 2014, a taxa de ocupação subiu 4,2 pontos percentuais.

Executivos da Gol afirmaram mais cedo neste mês que a movimentação de passageiros corporativos permanecera fraca em janeiro, mas que o movimento era sazonal e havia ficado dentro do esperado, ao passo que o de passageiros de lazer registrara "muita demanda".

No mercado doméstico, a demanda da Gol subiu 12 por cento em janeiro na base de comparação anual e a oferta avançou 4,2 por cento, com a taxa de ocupação a 84,1 por cento, avanço de 5,9 pontos percentuais ante janeiro do ano passado.

A alta da demanda foi mais forte no mercado internacional, de 28,9 por cento, enquanto a oferta subiu 25,1 por cento. A taxa de ocupação ficou em 76,4 por cento, avanço de 1,8 ponto percentual sobre um ano antes.

A companhia acrescentou que transportou em janeiro mais de 4 milhões de passageiros no mercado doméstico e internacional, alta de 9,1 por cento sobre igual mês do ano anterior e recorde de passageiros transportados para uma companhia aérea no Brasil em um mês. Deles, 3,8 milhões foram passageiros no mercado doméstico e 221 mil no mercado internacional.

A Gol encerrou 2014 com um total de 40 milhões de passageiros transportados nos mercados doméstico e internacional, avanço de 9,5 por cento sobre 2013.

Às 11h30, as ações da companhia subiam 1,1 por cento, a 11,02 reais, diante de variação positiva de 0,45 por cento do Ibovespa.

(Por Priscila Jordão)