Demanda doméstica impulsiona expansão da Alemanha no 4º tri

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015 07:27 BRT
 

BERLIM (Reuters) - Uma demanda doméstica mais forte impulsionou o crescimento da Alemanha no quarto trimestre com a ajuda do comércio exterior e do investimento bruto de capital, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira pela Agência Federal de Estatísticas do país.

Dados ajustados sazonalmente confirmaram estimativa preliminar de que o Produto Interno Bruto (PIB) alemão cresceu 0,7 por cento na comparação trimestral entre outubro e dezembro.

A demanda doméstica contribuiu com 0,5 ponto percentual ao PIB no quarto trimestre, enquanto o comércio exterior acrescentou 0,2 ponto. O investimento bruto de capital contribuiu com 0,2 ponto percentual.

(Reportagem de Michelle Martin)