Lucro da BHP recua por derrocada de commodities e empresa promete cortar gastos

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015 08:03 BRT
 

MELBOURNE (Reuters) - A mineradora global BHP Billiton registrou uma queda de 31 por cento no seu lucro semestral, com os preços por todos os seus principais produtos entrando em colapso, mas superou as previsões do mercado e sinalizou que irá apertar novamente o cinto para resistir a condições duras do mercado.

A companhia cortou mais uma vez suas metas de investimento e disse que terá economias de 4 bilhões de dólares nos três anos até 2017, assegurando os fluxos de caixa para que possa manter sua política de não cortar dividendos.

"Estamos confiantes de que podemos manter nossa progressiva política de dividendos e continuar a investir seletivamente em projetos que ofereçam retornos atraentes", disse o presidente-executivo da empresa, Andrew Mackenzie, em comunicado.

A maior mineradora do mundo não conseguiu fazer frente ao recente programa de recompra de ações de 2 bilhões de dólares da Rio Tinto, com seu braço de petróleo, o negócio que diferencia a BHP de outras mineradoras, afetado pela queda de 50 por cento dos preços do petróleo desde junho.

Mas investidores receberam bem os resultados melhores que os esperados com minério de ferro, maior fonte de lucros para a BHP, além de alumínio, manganês e níquel, negócios que a companhia pretende entregar a acionistas em uma nova empresa chamada South32.

O lucro recorrente atribuível da empresa caiu para 5,35 bilhões de dólares nos seis meses até dezembro, ante 7,76 bilhões de dólares um ano antes, acima das previsões de analistas de cerca de 5,1 bilhões de dólares.

A BHP elevou seu dividendo interino em 5 por cento, para 0,62 dólar, também ligeiramente acima das previsões do mercado.

A BHP tem como meta investir 12,6 bilhões de dólares neste ano, queda de 11 por cento sobre orientação divulgada em novembro passado, e cortou ainda mais a projeção de investimento para o ano financeiro de 2016, a 10,8 bilhões de dólares.

(Por Sonali Paul)