Espanhola Telefónica faz previsão otimista para vendas nos próximos dois anos

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015 07:34 BRT
 

MADRI (Reuters) - A espanhola Telefónica forneceu uma previsão otimista para o crescimento de suas vendas nos próximos dois anos ao divulgar seus resultados de 2014, que foram afetados por fatores pontuais como a moeda mais fraca na Venezuela e custos de restruturação na Alemanha.

A companhia disse que pagará um dividendo anual de 0,75 euro por ação ao longo dos próximos dois anos e retomará uma política de recompra de ações.

Buscando cortar a dívida e focar gastos nos principais mercados da Espanha, Alemanha e Brasil, a Telefónica vendeu unidades na Irlanda e na República Tcheca, e fechou no mês passado a venda de seu negócio britânico O2 para a Hutchison Whampoa por até 10,25 bilhões de libras (15,9 bilhões de dólares).

A terceira maior companhia de telecomunicações da Europa em valor de mercado e receita disse esperar que as vendas cresçam mais de 7 por cento neste ano e mais de 5 por cento em 2016, após divulgar uma queda de 35 por cento no lucro líquido anual, para 3 bilhões de euros (3,4 bilhões de dólares). O resultado ficou aquém da média das previsões de analistas de lucro de 3,18 bilhões, segundo pesquisa Reuters.

A Telefónica alertou na semana passada que a desvalorização do bolívar venezuelano tiraria 399 milhões de euros de seu lucro líquido. A venda dos ativos irlandeses e tchecos em 2014 também impactou os resultados.

(Por Sonya Dowsett e Andrés González)