Alta demanda faz sistema de inscrições para financiamento estudantil Fies sair do ar

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015 16:30 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Reaberto desde segunda-feira, o sistema para cadastro de novos alunos no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) apresenta lentidão e inconstância, devido à alta demanda, chegando a ficar fora do ar no final da manhã desta quarta-feira.

"De fato, o site do Sisfies está passando por instabilidade. O Ministério da Educação e o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) estão trabalhando para que ele volte ao normal nas próximas horas", informou o FNDE.

Às 16h05, o link para acesso às inscrições na página inicial do SisFies (sisfiesportal.mec.gov.br/) não funcionava. Segundo o próprio FNDE, o link está direcionando os interessados para a página inicial do MEC, onde o sistema fica hospedado.

O FNDE reiterou o pedido de "paciência" aos estudantes e que acessem o site "mais tarde". O prazo para inscrições vai até dia 30 de abril.

O MEC e o FNDE não comentam quantos pedidos o sistema do Fies para novos alunos já recebeu desde a reabertura, marcada por confusão diante da repentina mudanças de regras pelo governo federal no final do ano passado que restringiram fortemente o programa.

Associações de empresas do setor esperam pedidos de cerca de 500 mil estudantes no primeiro semestre deste ano. Em 2014, o desembolso do Fies chegou a quase 14 bilhões de reais para 1,9 milhão de estudantes, segundo dados do FNDE.

A taxa de utilização do Fies por alunos matriculados em instituições privadas de ensino superior ficou em 39,27 por cento no ano passado, ante meta do governo de 15 por cento para 2014, conforme dados do FNDE divulgados na terça-feira. O avanço também contrasta com a meta de utilização que o fundo traçou para o Fies em 2015, de 20 por cento.

(Por Juliana Schincariol)