Eletropaulo tem lucro líquido de R$275,6 mi no 4º trimestre

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015 21:49 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A distribuidora de energia AES Eletropaulo reverteu prejuízo no quarto trimestre, impulsionada pelo reconhecimento de ativos regulatórios e pela sobrecontratação de energia no período, informou nesta quarta-feira.

O lucro líquido de outubro a dezembro foi de 275,6 milhões de reais, frente a um prejuízo líquido de 72,8 milhões de reais no mesmo período do ano anterior.

Excluindo o efeito do reconhecimento de 178,6 milhões de reais relativo ao ativo regulatório líquido, o lucro líquido no quarto trimestre foi de 97 milhões de reais, devido à sobrecontratação no período e redução de despesas gerenciáveis.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de 602,6 milhões de reais, na comparação com um Ebitda negativo de 50,9 milhões no período de outubro a dezembro de 2013.

Em 2014, a companhia teve prejuízo líquido de 132 milhões de reais, ante lucro líquido de 198,7 milhões de reais em 2013. Excluindo o efeito do reconhecimento de ativos regulatórios, o prejuízo de 2014 foi de 310,4 milhões de reais, reflexo da compra de energia a custo elevado, disse a empresa.

Em seu balanço, a Eletropaulo informou que apresentou em 2014 nível de contratação médio de 98,8 por cento, o que causou exposição involuntária no mercado de energia de curto prazo, deixando o seu fluxo de caixa vulnerável a variações.

"Tal impacto foi parcialmente mitigado por aportes do Tesouro Nacional e empréstimos negociados pelo governo federal e repassados à companhia", disse a empresa.

A Eletropaulo disse acreditar que tal desequilíbrio tende a ser minimizado em 2015, considerando a adoção das bandeiras tarifárias e outras medidas que estão em fase de audiência pública.

A receita líquida da empresa totalizou 3,16 bilhões de reais no quarto trimestre, avanço de 35,1 por cento na comparação anual. Já as despesas operacionais tiveram alta de 15,1 por cento no período, para 2,44 bilhões de reais.   Continuação...