Investimento empresarial cai e Grã-Bretanha cresce 0,5% no 4º tri

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015 07:33 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Os investimentos por empresas na Grã-Bretanha caíram na taxa mais forte em quase seis anos no último trimestre de 2014, afetados por investimentos menores no setor de petróleo em meio à queda dos preços do petróleo.

Como estimado na leitura preliminar, o Produto Interno Bruto (PIB) britânico entre outubro e dezembro cresceu 0,5 por cento sobre o trimestre anterior, desacelerando ante a alta de 0,7 por cento no terceiro trimestre, informou nesta quinta-feira a Agência para Estatísticas Nacionais.

Esse foi o crescimento trimestre mais lento em um ano.

Na comparação anual, o crescimento atingiu 2,7 por cento, também inalterado sobre a estimativa preliminar do mês passado feita pela agência.

O investimento empresarial caiu 1,4 por cento no quarto trimestre sobre os três meses anteriores após queda de 1,2 por cento no terceiro trimestre.

"Dada a recente forte queda nos preços do petróleo, pode ser esperado que o investimento pela indústria de extração de petróleo também possa cair, uma vez que a produção de petróleo se torna menos rentável", disse a agência em nota.

A queda trimestral no investimento foi a maior desde o segundo trimestre de 2009 e contrastou com a projeção de aumento de 1,9 por cento em pesquisa da Reuters.

O banco central britânico projetou neste mês que a economia britânica vai crescer 2,9 por cento neste ano --expansão mais rápida em quase uma década-- uma vez que a queda nos preços do petróleo coloca mais dinheiro nos bolsos de consumidores e empresários.

Os gastos das famílias, que respondem por quase dois terços das despesas econômicas britânicas, cresceram 0,5 por cento na base trimestral entre outubro e dezembro, desacelerando ante a alta de 0,7 por cento no terceiro trimestre.   Continuação...