Confiança do comércio cai 8,8% em fevereiro, maior queda da série

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015 08:45 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Confiança do Comércio (Icom) caiu 8,8 por cento em fevereiro sobre janeiro, maior recuo mensal da série, renovando o patamar histórico mais baixo com a quarta queda consecutiva.

A Fundação Getulio Vargas (FGV) informou nesta quinta-feira que o índice caiu a 97,9 pontos, menor nível da série iniciada em março de 2010. Em janeiro, o Icom já havia caído 1,5 por cento na comparação sequencial.

"A confiança recuou de forma intensa e disseminada entre os segmentos do comércio em fevereiro. O resultado retrata um setor insatisfeito com os níveis atuais de demanda e pessimista em relação às perspectivas de vendas e lucratividade nos próximos meses", disse o superintendente adjunto para Ciclos Econômicos da FGV/IBRE, Aloisio Campelo Jr.

O resultado de fevereiro deveu-se principalmente à piora da percepção dos empresários sobre o momento atual. O Índice de Situação Atual (ISA-COM) caiu 14,4 por cento frente a janeiro, para 76,4 pontos, menor nível da série, após alta de 11,2 por cento no mês anterior.

Já o Índice de Expectativas (IE-COM) teve queda de 4,6 por cento, para 119,4 pontos, também menor patamar da série.

O cenário de fragilidade econômica brasileira, inflação alta e juros elevados vêm deixando o comércio brasileiro em dificuldades. As vendas varejistas recuaram 2,6 por cento em dezembro, e registraram em 2014 o menor crescimento em 11 anos.

(Por Camila Moreira)