Governo anuncia que vai multar em até R$10 mil por hora caminhoneiro parado

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015 16:02 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, anunciou nesta quinta-feira que o governo vai cobrar multas de 5 mil a 10 mil reais por hora de caminhoneiros que estejam descumprindo decisões judiciais para desbloqueio de estradas.

"A decisão do valor da multa não é do governo, é da Justiça. Estamos cumprindo ordens judiciais. Tenho o dever de cumprir a lei e a lei será cumprida", afirmou Cardozo a jornalistas.

Segundo o ministro, os bloqueios de caminhoneiros em estradas do país caíram de forma "visível" desde a quarta-feira, quando o governo se reuniu com representantes da categoria e empresários sobre a crise. Na ocasião, o governo apresentou uma proposta para a categoria, que inclui o congelamento do preço do diesel por seis meses e 12 meses de carência para pagamento dos financiamentos para a compra de caminhões.

Cardozo comentou ainda que se reuniu na véspera com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, um encontro que não constou de sua agenda pública. Segundo o ministro, a conversa com Janot tratou de criação de um órgão para facilitar ações de combate à corrupção no país.

(Por Leonardo Goy)