Cia Hering tem lucro abaixo do esperado no 4o tri; priorizará lojas rentáveis em 2015

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015 20:53 BRT
 

Por Luciana Bruno

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A varejista de moda Cia Hering viu seu lucro subir no quarto trimestre, mas no fechado do ano o resultado ficou praticamente estável em relação a 2013, levando a companhia a priorizar as lojas de maior rentabilidade e menor risco em 2015.

O lucro líquido da varejista teve alta de 7,4 por cento no quarto trimestre ante igual período de 2013, para 109,2 milhões de reais, com receitas financeiras compensando o baixo crescimento das vendas.

A média de analistas ouvidos pela Reuters apontava lucro líquido de 139,5 milhões de reais no quarto trimestre.

A empresa teve receitas financeiras líquidas de 10,2 milhões de reais no quarto trimestre, avanço de 27,4 por cento na comparação anual. O aumento é resultado dos ganhos com aplicações, com o maior caixa médio ao longo do ano e aumento da taxa Selic, disse a companhia.

O desempenho das vendas, no entanto, foi afetado pelo cenário econômico desafiador para o consumo, disse a Cia Hering. As vendas brutas totalizaram 612 milhões de reais no quarto trimestre, praticamente estável sobre um ano antes.

"O ambiente mais desafiador em 2014 para consumo e a queda de confiança exerceram pressões negativas no setor de vestuário, refletindo-se em menores vendas em lojas que já existiam e em baixo crescimento do varejo multimarcas", afirmou a empresa no balanço.

As vendas com base "mesmas lojas" (abertas há mais de 12 meses) da Hering Store retraíram 3,8 por cento no mesmo período no quarto trimestre.

A marca Hering teve crescimento anual de 1,1 por cento nas receitas brutas no quarto trimestre, enquanto as marcas DZARM. e Hering Kids subiram 3,7 e 3,8 por cento, respectivamente. Já a PUC teve queda de 2,2 por cento.   Continuação...