BRF tem dificuldades para cumprir exportações por bloqueios em estradas, diz Abilio

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 10:29 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A BRF, uma das principais empresas de alimentos do mundo e maior exportadora de carne de aves do país, está tendo dificuldades para cumprir alguns embarques programados para o exterior, devido a protestos de caminhoneiros que bloqueiam as estradas neste mês, disse o presidente do Conselho de Administração da companhia, Abilio Diniz.

Em teleconferência para comentar os resultados do quarto trimestre de 2014, Abilio disse ainda que os bloqueios nas estradas trazem dificuldades para a companhia operar, por conta da escassez de matérias-primas para as criações, entre outros problemas.

"É um momento triste para o país", disse ele, ressaltando que a empresa está tomando medidas para minimizar os impactos.

Abilio afirmou ter confiança que a BRF vai "crescer na dificuldade". Segundo ele, a empresa vai ganhar fatia de mercado em 2015.

Duas fábricas da empresa interromperam o processamento de carnes nesta semana por falta de matéria-prima, informou a empresa na segunda-feira.

No meio da semana, a companhia informou que outras unidades produtivas, especialmente na região Sul, foram afetadas pelos bloqueios das rodovias brasileiras. Por causa disso, em muitas delas a operação passou a ser parcial.

Apesar dos problemas, o presidente do Conselho da BRF disse que continua acreditando no Brasil. "O país é maior que suas dificuldades conjunturais."

A BRF divulgou na véspera um lucro líquido de 991 milhões de reais para o quarto trimestre, em um resultado mais que quatro vezes maior que o obtido um ano antes e que ficou acima da média de expectativas do mercado.

(Por Roberto Samora)

 
Presidente do Conselho de Administração da BRF, Abilio Diniz, em foto de arquivo. 10/04/2013 REUTERS/Nacho Doce