Abiove compromete-se a recompor preços de fretes em Mato Grosso, diz Aprosoja

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 21:06 BRT
 

(Reuters) - A Associação Brasileira de Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) se comprometeu, por meio de documento oficial, a promover a recomposição dos preços dos fretes em Mato Grosso a partir desta sexta-feira, informou a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) nesta sexta-feira.

O reajuste dos preços dos fretes é uma das principais reivindicações dos caminhoneiros que estão bloqueando estradas no país, em um movimento que já dura dez dias e que tem prejudicado a colheita da safra de soja no Mato Grosso, principal Estado produtor do grão.

Em reunião com o governador do Mato Grosso, Pedro Taques, o presidente da Aprosoja, Ricardo Tomczyk, reforçou a necessidade de medidas urgentes para minimizar o impacto que as mobilizações dos caminhoneiros têm causado aos produtores rurais e demais setores, disse a associação em nota.

Com o anúncio da recomposição do preço, a expectativa é que a remuneração dos transportadores seja prontamente garantida, acrescentou a entidade.

“A principal intenção, neste momento, é que o fornecimento básico de combustível para a colheita e matérias-primas para as rações sejam restabelecidos”, disse Tomczyk, em nota.

Até o momento, Mato Grosso está com seis pontos bloqueados pelos manifestantes. A capital teve liberação na manhã desta sexta-feira, mas o bloqueio foi retomado no período da tarde.

(Por Juliana Schincariol)