Ações da Telecom Italia sobem com interesse de Orange em combinação

segunda-feira, 2 de março de 2015 08:00 BRT
 

BARCELONA (Reuters) - As ações da Telecom ItaliaMI chegaram a subir 3 por cento nesta segunda-feira, após o chefe da Orange, Stéphane Richard, dizer que uma combinação com a companhia italiana seria atrativa.

Um porta-voz da Telecom Italia disse que não ocorreram negociações sobre um eventual acordo. A Telecom Italia controla a TIM Participações no Brasil.

Às 7h54 no horário de Brasília, as ações da Telecom Italia subiam 2,06 por cento. As ações da francesa Orange tinham leve alta de 0,18 por cento.

Desde 2013, companhias de telecomunicações na Europa têm passado por uma onda de acordos conforme buscam deixar mercados não essenciais, combinar serviços de linha fixa e móvel e cortar custos.

Mas, até o momento, nenhum grande acordo internacional abarcou as gigantes de telecomunicações, embora reguladores europeus mostrem que gostariam de ver campeãs regionais emergirem para ancorarem necessários investimentos em banda larga.

Executivos do setor afirmam há tempos que, embora grandes sinergias possam ser colhidas por consolidações dentro de seus próprios mercados, o cenário é muito menos claro para negócios internacionais, onde enconomias não podem ser feitas com a combinação de redes e operações comerciais.

Em entrevista antes do evento Mobile World Congress em Barcelona, o vice-presidente financeiro da Orange, Ramon Fernandez, admitiu isso.

"Esse período de consolidações não terminou", disse à Reuters. "Os mercados nacionais se racionalizarão mais e haverá a questão sobre se acordos internacionais ocorrerão. Mas antes, resta ver se realmente há valor a ser criado com tais negócios">

(Por Leila Abboud)