Ucrânia diz que Rússia continua a violar acordo de gás

segunda-feira, 2 de março de 2015 08:57 BRT
 

KIEV (Reuters) - A empresa estatal de energia da Ucrânia, a Naftogaz, afirmou que a companhia russa Gazprom (GAZP.MM: Cotações) está violando os termos de um acordo de fornecimento de gás durante o inverno, apoiado pela União Europeia, antes de negociações entre as duas partes sobre a questão nesta segunda-feira em Bruxelas.

"Em fevereiro, o acordo foi violado pela parte russa. O gás pelo qual tínhamos pago antecipadamente não foi entregue em sua totalidade no mês passado. O negócio continua a ser violado este mês", afirmou o executivo-chefe da Naftogaz nesta segunda-feira.

"Essa violação tem de ser contrabalançada por um aumento das entregas de gás à Ucrânia por parte da UE", disse ele, segundo a empresa.

A Comissão Europeia convidou os ministros de energia russo e ucraniano para conversações em Bruxelas nesta segunda-feira e os dois lados confirmaram que iriam participar.

Segundo a Naftogaz, a implementação do acordo para o Inverno e uma discussão preliminar sobre o fornecimento durante o período de verão serão o tema principal das conversas.

Moscou cortou o abastecimento para Kiev em junho e restabeleceu em dezembro, em meio a divergências sobre preço do produto e contas não pagas, a terceira grande disputa desse tipo entre os dois países em uma década.

(Reportagem de Pavel Polityuk)