Fiat Chrysler avalia holding na Holanda para Ferrari, diz CEO

terça-feira, 3 de março de 2015 07:41 BRT
 

GENEBRA (Reuters) - O presidente-executivo da Fiat Chrysler Automobiles (FCHA.MI: Cotações), Sergio Marchionne, disse nesta terça-feira que o grupo considera criar uma holding com sede na Holanda para controlar a unidade de luxo Ferrari, que a Fiat está cindindo do restante do grupo neste ano.

Marchionne disse que o grupo considera ainda estabelecer um esquema de lealdade de ações para a Ferrari, similar ao criado para a Fiat-Chrysler.

"A Ferrari continuará a fabricar carros na Itália, gerar lucros neste país e pagar impostos na Itália. Pode ocorrer que surja uma solução, e estamos examinando-a, do ter uma companhia acima da Ferrari", disse Marchionne a jornalistas em evento do setor automobilístico em Genebra.

Ele disse que a intenção seria facilitar a listagem da Ferrari em bolsa e não devido a razões ligadas a impostos.

Marchionne acrescentou que o grupo pode ser comprador ou vendedor em quaisquer atividades de fusão e aquisição futuras.

(Por Agnieszka Flak)