Glencore tem lucro em 2014 em linha com expectativas, registra baixa contábil de US$1,1 bi

terça-feira, 3 de março de 2015 09:19 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A Glencore contabilizou uma baixa contábil de 1,1 bilhão de dólares por preços de commodities mais baixos nesta terça-feira, conforme a mineradora e trader de commodities divulgou uma queda de 2 por cento no lucro em 2014, em linha com as projeções de analistas.

O lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) totalizou 12,8 bilhões de dólares, segundo a Glencore, que tem uma grande unidade de trading além de ativos de mineração e petróleo.

Os lucros de sua divisão de marketing cresceram 15 por cento, compensando parcialmente uma queda no lucro de sua divisão industrial.

"O desempenho de nossas atividades industriais inevitavelmente refletiu o cenário de preços mais fracos, particularmente em produtos de energia, em que as quedas de preços foram maiores", disse a companhia em um comunicado.

Cerca da metade da baixa contábil de 1,1 bilhão de dólares teve origem na pausa do desenvolvimento de projetos de minério de ferro na Mauritânia e em Brazzaville, no Congo, conforme os preços despencaram.

"Estes (ativos de minério de ferro) foram herdados da Xstrata. Não gastamos dinheiro demais e de maneira acertada desaceleramos as operações uma vez que, no ambiente atual, não teríamos os retornos corretos", disse o vice-presidente financeiro da companhia, Steve Kalmin.

A companhia também sofreu baixas contábeis sobre atividades de exploração de petróleo no bloco de Matanda em Camarões e em platina, devido a preços mais baixos de commodities.

(Por Silvia Antonioli)