Capacidade de armazenamento de petróleo em tanques não vai se esgotar, diz Vitol

terça-feira, 3 de março de 2015 12:17 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Operadores têm um longo caminho a percorrer antes que possam gastar toda a capacidade de armazenamento de tanques de petróleo, disse à Reuters um alto executivo da maior comercializadora independente de energia do mundo.

Tanques e terminais têm relatado demanda quase recorde em meio a um excesso de oferta de produtos brutos e refinados.

Chris Bake, diretor de originação e investimentos na Vitol, disse, durante ao Reuters Africa Investment Summit, que temores de déficit de armazenagem neste ano são exagerados e que o mercado deve se adaptar com o excesso de suprimento.

"Eu ainda acho que há capacidade de armazenamento de petróleo e eu ainda acho que o mercado tem o hábito de resolver esses problemas", disse Bake.

A Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) alertou que o aumento de estoques de petróleo poderia enfrentar limites de capacidade de armazenamento no primeiro semestre deste ano.

Isso pesou sobre os preços do petróleo, especialmente nos Estados Unidos, onde o contrato de referência West Texas Intermediate (WTI), na segunda-feira, registrou o maior desconto em mais de um ano contra o petróleo tipo Brent.

A visão da Vitol tem grande peso, pois transporta mais petróleo globalmente do que qualquer outra empresa comercial independente, com um faturamento de mais de 300 bilhões de dólares em 2013. Também é dona de uma rede de terminais de armazenamento, inclusive por meio de sua participação de 50 por cento no VTTI Energy Partners LP.

(Por Libby George; Reportagem adicional de Emma Farge, Dmitry Zhdannikov e David Sheppard)