Venda de veículos novos no Brasil despenca em fevereiro e Fenabrave piora projeções

terça-feira, 3 de março de 2015 13:47 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A venda de veículos novos no Brasil em fevereiro despencou para o menor nível desde novembro de 2008, segundo dados divulgados nesta terça-feira pela associação de concessionários, Fenabrave, que piorou suas projeções para o setor neste ano.

Os licenciamentos de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus novos em fevereiro somaram 185.961 unidades, uma queda de 28 por cento sobre fevereiro de 2014 e de 26,7 por cento ante janeiro deste ano. Em novembro de 2008, o setor apurou vendas de 177.823 veículos novos.

Com o resultado, a entidade reduziu sua estimativa para os licenciamentos de veículos neste ano. A expectativa para as vendas de carros e comerciais leves passou para queda de 10 por cento em 2015, a cerca de 2,996 milhões de unidades. Para caminhões e ônibus, a previsão passou a queda de 10,12 por cento, para 151.977 unidades.

Em janeiro, a Fenabrave havia divulgado que esperava queda de 0,5 por cento nas vendas de carros e comerciais leves e de 1,1 por cento nos licenciamentos de ônibus e caminhões novos.

No início de fevereiro, o presidente da associação de montadoras de veículos, Anfavea, Luiz Moan, tinha afirmado que esperava vendas fracas para o mês diante de um menor período de dias úteis em relação a 2014, cujo feriado de Carnaval afetou as vendas de março daquele ano.

Segundo a Fenabrave, as vendas acumuladas de janeiro e fevereiro somam 439.762 veículos, queda de 23 por cento sobre o mesmo período do ano passado.

(Por Brad Haynes)

 
Veículos novos da Ford vistos no estacionamento da fábrica em São Bernardo do Campo. 12/02/2015 REUTERS/Paulo Whitaker