Governo local chinês fecha usinas siderúrgicas em guerra contra poluição

quinta-feira, 5 de março de 2015 10:12 BRT
 

XANGAI (Reuters) - Autoridades locais da China fecharam uma série de usinas de produção de aço depois que as empresas não cumpriram regras de proteção ambiental, afirmaram fontes da indústria nesta quinta-feira.

O premiê chinês, Li Keqiang, afirmou na abertura do Congresso Nacional do Povo nesta quinta-feira que seu governo fará tudo o que for necessário para combater a poluição, que se tornou um ponto de descontentamento público.

Não há estimativa oficial sobre quanta produção foi afetada pelos fechamentos de usinas na província de Shangdong, no leste do país, mas a notícia fez os futuros do minério de ferro em Dalian caírem 4 por cento em meio a temores de que a campanha poderá se espalhar para outras siderúrgicas.

"Quase toda a produção siderúrgica de Linyi foi fechada e não há data de quando será retomada", disse um representante da Linyi Yuansheng Casting, uma das usinas da cidade de Linyi, pedindo para não ser identificado.

Analistas estimam a capacidade anual de produção de aço bruto de Linyi em cerca de 7 a 8 milhões de toneladas. A produção total da China é de entre 1,1 bilhão a 1,2 bilhão de toneladas.

(Por Ruby Lian e David Stanway)