Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA sobem; produtividade do 4º tri é revisada para baixo

quinta-feira, 5 de março de 2015 10:55 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego subiu inesperadamente na semana passada e a produtividade fora do setor agrícola recuou mais do que o esperado no quarto trimestre.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego aumentaram em 7 mil, para 320 mil, segundo dados sazonalmente ajustados na semana que terminou em 28 de fevereiro, informou o Departamento de Trabalho nesta quinta-feira.

Economistas consultados pela Reuters esperavam que o número recuasse a 295 mil na semana passada.

Em um relatório separado, o órgão informou que a produtividade caiu a um ritmo de 2,2 por cento no quarto trimestre, em vez do ritmo de 1,8 por cento divulgado no mês passado.

(Reportagem de Lucia Mutikani)