Dólar sobe antes de dados de empregos nos EUA e Nikkei atinge máxima

sexta-feira, 6 de março de 2015 07:58 BRT
 

Por Wayne Cole

SYDNEY (Reuters) - As ações asiáticas subiram nesta sexta-feira, com o dólar se fortalecendo enquanto investidores aguardavam um relatório de emprego nos Estados Unidos que poderá influenciar o momento em que a taxa de juro no país começará a ser elevada.

Às 7h41 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,38 por cento.

As ações em Xangai caíram 0,2 por cento após o ministro das Finanças da China dizer que uma política fiscal expansionista é necessária para ajudar a evitar uma forte desaceleração econômica.

O índice japonês Nikkei teve alta de 1,2 por cento, para 18.971 pontos, seu maior nível de fechamento desde abril de 2000.

Analistas consultados pela Reuters esperam que tenham sido criados 240 mil empregos no mês passado nos EUA e que a taxa de desemprego caia para 5,6 por cento ante 5,7 por cento.

As últimas notícias econômicas vindas dos EUA tem sido mistas no melhor dos casos, o que tem levado os analistas a reduzir de maneira constante as previsões de crescimento para o trimestre.

Um relatório sólido de empregos poderia contrabalançar na decisão do Federal Reserve, banco central dos EUA, sobre seu cronograma de elevação das taxas de juros.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,17 por cento, a 18.971 pontos.   Continuação...