Preço de energia de curto prazo segue no teto no Sudeste, Sul e Nordeste, recua no Norte

sexta-feira, 6 de março de 2015 16:27 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O valor da energia elétrica nos mercados de curto prazo, dado pelo Preço de Liquidação de Diferenças (PLD), manteve-se no teto de 388,48 reais por megawatt-hora (MWh) para a próxima semana em todas as regiões do país com exceção do Norte, onde houve queda, informou a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), nesta sexta-feira.

O preço está nesse valor máximo permitido para o ano desde janeiro, apesar das chuvas que atingiram o país nos últimos dias e que ajudaram a elevar os baixos níveis dos reservatórios das usinas hidrelétricas do país.

Operador Nacional do Sistema Elétrico brasileiro (ONS) informou mais cedo que espera uma elevação no nível das represas de hidrelétricas do país em março, vendo o patamar de armazenamento na Região Sudeste avançando de cerca de 21 por cento para 28,2 por cento no final do próximo mês.

Para a Região Norte, o PLD para a próxima semana caiu do teto para 366,24 reais por MWh nas cargas pesada e média. Já na carga leve, o valor caiu do máximo permitido para o ano para 336,52 reais o MWh.

(Por Alberto Alerigi Jr.)