Exportação de soja do Brasil sobe no início de março ante fevereiro

segunda-feira, 9 de março de 2015 18:52 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações de soja do Brasil atingiram na primeira semana de março 1,05 milhão de toneladas, com uma média de embarques diários de 210 mil toneladas, informou a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) nesta segunda-feira.

Apenas na primeira semana de março o Brasil já exportou mais do que em todo o mês de fevereiro, quando o escoamento estava em seu início e foi afetado por protestos de caminhoneiros, que reduziram os estoques nos portos exportadores.

As exportações de soja do Brasil no mês passado foram as piores para o mês de fevereiro dos últimos quatro anos, também por influência de um atraso na colheita da oleaginosa.

Entretanto, as exportações diárias no início de março ainda estão abaixo da média dos embarques em igual período de 2014, quando somaram 327,9 mil toneladas, fechando março de 2014 com 6,22 milhões de toneladas.

À medida que mais soja chega aos portos, as exportações brasileiras deverão crescer nos próximos meses.

A fila de navios esperando para carregar soja nos portos brasileiros cresceu 61 por cento em uma semana, mostraram dados divulgados na última sexta-feira, em um momento de grande chegada de embarcações para carregar a nova safra brasileira.

O número de navios ancorados nas proximidades de portos brasileiros saltou para 82 na sexta-feira, ante 51 uma semana atrás, enquanto o volume de soja em grãos previsto para ser carregado totaliza 5,17 milhões de toneladas, segundo dados da agência marítima Williams analisados pela Reuters.

O Brasil deverá exportar cerca de 46 milhões de toneladas na temporadas 2014/15, segundo previsões do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

A soja é o principal produto de exportação do agronegócio do Brasil, um dos líderes globais nas vendas do grão, ao lado dos Estados Unidos.

(Por Roberto Samora)