Ex-gerente da Petrobras Barusco estima que PT recebeu até US$200 mi de propina

terça-feira, 10 de março de 2015 13:05 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ex-gerente executivo da diretoria de Serviços da Petrobras Pedro Barusco estimou que o PT teria recebido de 150 milhões a 200 milhões de dólares em propina no esquema de desvio de dinheiro público que teria envolvido a petroleira, empreiteras e políticos.

Durante participação em sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira, Barusco explicou que o montante foi estimado proporcionalmente aos valores que ele próprio recebeu.

(Por Maria Carolina Marcello)

 
Ex-gerente executivo da diretoria de Serviços da Petrobras Pedro Barusco durante testemunho em Brasília.   10/03/2015 REUTERS/Ueslei Marcelino