Minério de ferro pode cair para cerca de US$50/t no curto prazo, diz Citi

terça-feira, 10 de março de 2015 12:31 BRT
 

PERTH, Austrália (Reuters) - O banco Citi projetou nesta terça-feira que os preços do minério de ferro deverão cair para cerca de 50 dólares por tonelada no curto prazo, com uma fraca demanda das siderúrgicas chinesas e um excedente de oferta no mercado internacional.

"As chances são de que, com as margens do aço onde estão, haverá uma queda nos preços do minério de ferro para cerca de 50 dólares por tonelada", disse o diretor de comercialização de minério de ferro e aço do Citi, Mark Lyons, em uma conferência do setor.

No entanto, o banco ainda mantém sua previsão de que os preços fecharão 2015 com média de 58 de dólares por tonelada.

Os estoques de minério de ferro importado nos principais portos da China subiram pela segunda semana consecutiva, em alta de 1,3 por cento, para 100,5 milhões de toneladas, em 6 de março, segundo dados do Steelhome.

O minério com 62 por cento de teor de ferro com entrega imediata na China caiu a 58 dólares na segunda-feira, segundo o Steel Index. O índice acumula queda de cerca de 18 por cento este ano.

"Os mercados de aço na China estão bastante ruins", disse Lyons.

Além da fraqueza do mercado de aço na China, há também uma previsão de queda nas exportações de aço este ano, segundo Lyons.

As exportações de aço em 2015 deverão cair para cerca de 70 milhões de toneladas, ante 90 milhões no ano passado, deixando o 20 milhões de toneladas adicionais no mercado doméstico, disse o executivo.

(Por James Regan)