Ex-gerente da Petrobras Barusco diz que Vaccari gerenciava propina do PT

terça-feira, 10 de março de 2015 13:14 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ex-gerente executivo da diretoria de Serviços da Petrobras Pedro Barusco afirmou nesta terça-feira que o tesoureiro do PT João Vaccari Neto gerenciava o recebimento de propinas para o partido no esquema de desvio de dinheiro que envolveu a petroleira, empreiteras e políticos.

Barusco, um dos principais delatores do esquema, disse ainda em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apenas quem estava envolvido sabia da corrupção na Petrobras.

(Por Maria Carolina Marcello)