MAN vê lucro estável em 2015 por demanda fraca por caminhões na Europa e no Brasil

quarta-feira, 11 de março de 2015 08:28 BRT
 

MUNIQUE (Reuters) - A alemã MAN SE tem como meta lucro operacional e vendas estáveis neste ano, prevendo que os lucros de sua divisão de motor a diesel e turbinas compensem o impacto de menores vendas de caminhões.

A demanda por veículos comerciais pesados na Europa caiu no ano passado, enquanto a fraqueza da economia brasileira e a desvalorização do real ante o dólar têm pesado sobre o mercado de caminhões onde a MAN é uma das principais comercializadoras.

O lucro operacional da divisão de caminhões e ônibus da MAN em 2014, que corresponde a mais da metade da receita do grupo, despencou 38 por cento, para 152 milhões de euros (162 milhões de dólares), ao passo que as encomendas caíram 3 por cento, para 9,27 bilhões de euros, disse a MAN.

"As pressões competitivas persistentes nos mercados atualmente em estagnação também serão um peso em 2015", disse o presidente-executivo da empresa, Georg Pachta-Reyhofen.

Ainda assim, a companhia registrou alta de 24 por cento no lucro geral, para 384 milhões de euros no ano passado, principalmente graças a operações fora do segmento de caminhões, como as de motores a diesel e turbinas.

A fabricante de caminhões da Volkswagen disse nesta quarta-feira que as entregas e o lucro operacional de sua divisão de caminhões podem cair "levemente", abaixo dos níveis do ano passado, enquanto os resultados do negócios da unidade de engenharia de energia podem melhorar "levemente" sobre os níveis de 2014.

(Por Andreas Cremer)