Petrobras vai receber de volta valores desviados por Barusco, diz Justiça

quarta-feira, 11 de março de 2015 17:58 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras vai receber de volta os valores que o ex-gerente de Serviços Pedro Barusco disse ter desviado em um esquema de corrupção envolvendo empreiteiras, políticos e executivos da empresa, informou nesta quarta-feira a 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba (PR).

Já foram depositados quase 140 milhões de reais em uma conta judicial vinculada ao processo, segundo a Justiça, dos cerca de 67 milhões de dólares (mais de 200 milhões de reais) que Barusco disse ter desviado em depoimentos no âmbito da Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Além disso, Barusco se comprometeu em depositar em juízo 3,25 milhões de reais a título de multa compensatória penal, que será destinada a outras finalidades públicas.

Na nota desta quarta, a Justiça Federal do Paraná disse também que foi informada que uma outra parcela de 29,5 milhões de dólares, com a mesma origem, será devolvida por Barusco à Justiça Federal no Rio de Janeiro, onde tramita outro processo.

(Por Marta Nogueira)

 
Ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco na CPI, em Brasília. 10/3/2015 REUTERS/Ueslei Marcelino