Promotores franceses buscam julgamento em caso de evasão fiscal de private bank suíço do HSBC

sexta-feira, 13 de março de 2015 11:02 BRT
 

Por Chine Labbé

PARIS (Reuters) - Um promotor francês fez um requerimento para que o private bank suíço do HSBC (HSBA.L: Cotações) seja enviado a julgamento para responder a acusações sobre um suposto esquema de evasão fiscal para clientes ricos, disse uma fonte do Judiciário nesta sexta-feira.

A medida processual leva a unidade suíça um passo mais perto de enfrentar um julgamento na França, após uma investigação liderada por magistrados locais acerca de supostas fraudes envolvendo contribuintes franceses ter sido encerrada no mês passado.

O controlador HSBC, que enfrenta uma investigação separada ainda corrente na França, não estava disponível de imediato para comentar.

O banco agora tem um mês para responder. Depois, os magistrados terão a palavra final sobre realizar ou não um julgamento.

O HSBC admitiu falhas em compliance e controles em seu banco suíço e está sendo investigado por autoridades norte-americanas, além de um inquérito de parlamentares britânicos após notícias de que o banco ajudou consumidores a esconder milhões de dólares em ativos num período até 2007.

Os casos contra clientes específicos do banco suíço já estão em andamento na França.

(Por Chine Labbé)