Joaquim Levy irá à CAE em 31/03 para falar sobre ajuste fiscal

sexta-feira, 13 de março de 2015 11:35 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, irá à Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal no próximo dia 31 para falar sobre as medidas adotadas pelo governo para reequilibrar as contas públicas, encerrando a participação dos membros da nova equipe econômica em audiências públicas neste mês no Congresso em defesa do ajuste fiscal.

Antes de Levy, participam de audiências na CAE o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na próxima terça-feira, dia 17, e o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, no dia 24, conforme informações do presidente da CAE, senador Delcídio do Amaral (PT-MS).

"Os ministros vão falar sobre ajuste fiscal, macroeconomia, concessões e pacto federativo", disse o senador.

O governo da presidente reeleita Dilma Rousseff adotou um duro ajuste fiscal baseado em revisão de regras de benefícios trabalhistas e previdenciários, fim de repasses do Tesouro a bancos públicos, redução de crédito subsidiado, revisão de desonerações e aumento de impostos.

As medidas visam a reordenar as contas públicas e fazer o setor público voltar a registrar superávit primário. O ajuste fiscal, que enfrenta resistências dentro do governo e na base aliada do Executivo, vai impor um cenário restritivo a curto prazo, reforçando o contexto atual de esfriamento da economia.

Segundo o senador, a ida dos ministros da equipe econômica ao Congresso visa a defender as medidas adotadas como forma de assegurar o crescimento do país nos próximos anos.

(Reportagem de Luciana Otoni; Edição de Camila Moreira)