Vendas de soja no Brasil atingem 43% da safra 2014/15, diz consultoria

sexta-feira, 13 de março de 2015 13:16 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A comercialização da safra 2014/15 de soja do Brasil chegou a 43 por cento do total esperado, informou nesta sexta-feira a consultoria Safras & Mercado, indicando um atraso nos negócios ante anos anteriores.

Em março de 2014, as vendas da safra que estava sendo colhida chegavam a 57 por cento e na média de cinco anos o índice para a época é de 59 por cento.

Analistas e produtores têm dito que os negócios estão travados porque os agricultores, capitalizados por safras lucrativas nos anos recentes, estão esperando melhores preços na bolsa de Chicago.

A situação só não está mais lenta devido à desvalorização do real, que torna a conversão da moeda favorável aos exportadores brasileiros.

No levantamento anterior, de 13 de fevereiro, a Safras havia indicado que 38 por cento da produção havia sido comercializada.

Atualmente, o bushel de soja é negociado abaixo de 10 dólares na CBOT. Dois anos atrás, o mesmo contrato era cotado a mais de 14 dólares. Naquela época, a comercialização de soja no Brasil atingia 62 por cento da colheita esperada.

Em Mato Grosso, principal Estado produtor, o total já comercializado chega a 58 por cento da safra estimada, contra 67 por cento no ano passado e 73 por cento da média.

A Safras também reduziu sua projeção para a colheita de soja 2014/15 para 94,4 milhões de toneladas, aumento de 9 por cento sobre a safra anterior, mas abaixo da estimativa divulgada no final de janeiro, de 95 milhões de toneladas.

(Por Gustavo Bonato)

 
Trabalhador anda em meio a plantação de soja na cidade de Primavera do Leste. 07/02/2013 REUTERS/Paulo Whitaker