16 de Março de 2015 / às 20:49 / 2 anos atrás

Com ajuda externa, Ibovespa sobe após dia volátil; Usiminas ON dispara 35

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou a segunda-feira em alta, após um pregão volátil, marcado pelo vencimento de opções sobre ações e repercussão dos protestos contra o governo federal, tendo como pano de fundo o desempenho positivo em bolsas no exterior.

O Ibovespa subiu 0,52 por cento, a 48.848 pontos, após oscilar entre queda de 0,41 por cento na mínima e 1,25 por cento na máxima. O volume financeiro, incluindo as operações atreladas ao vencimento de opções, somava 7,7 bilhões de reais.

"O mercado continua refletindo a confusão política que o país está atravessando", disse o gerente de renda variável da Fator Corretora, Frederico Lukaisus. "A volatilidade continua alta, os ativos oscilam muito, porém o volume está fraco, perto do que já tivemos no passado, demonstrando que o dinheiro do mercado em maioria é especulativo", afirmou.

Do total movimento nesta segunda-feira, 2,1 bilhões foram referentes ao vencimento de opções. No ano, o volume médio diário está em 6,6 bilhões de reais.

Em relação aos protestos, o ex-diretor do Banco Central Mario Mesquita, que comanda a área de economia do Banco Brasil Plural, avaliou que enfraquecem o governo, o que, no curto prazo, tendem a dificultar a implementação do ajuste fiscal.

Para o sócio e diretor de estratégia da Arko Advice Thiago Aragão a solução dos problemas de Dilma Rousseff passam pelo PMDB, que ganhou importância após as manifestações de domingo. "O partido pode ser a bala de prata, pode ser a salvação do governo, depende do valor que Dilma quiser dar a ele", disse Aragão.

No exterior, a trégua no enfraquecimento do euro ante o dólar amparou ganhos em Wall Street e também proporcionou suporte na Europa, enquanto o mercado aguarda a decisão de juros nos Estados Unidos nesta semana.

PAPEL POR PAPEL

Petrobras encerrou em alta de 1,93 por cento, após recuar no meio do pregão, com o noticiário incluindo fala do diretor de Gás e Energia, Hugo Repsold, de que a estatal vai tentar antecipar o máximo possível a publicação de balanço.

As ações da companhia estão entre as séries mais líquidas do vencimento e também tendem a ser influenciadas pelo exercício.

CCR e Ecorodovias ficaram na ponta positiva do índice nesta segunda-feira, quando foram entregues propostas para o leilão da ponte Rio-Niterói. Seis grupos entregaram ofertas, entre eles CCR e Ecorodovias.

Triunfo Participações, que não está no Ibovespa, disparou 20 por cento. De acordo com uma fonte do governo federal, a empresa é uma das que fez proposta para o leilão da ponte.

Energias do Brasil avançou 5,4 por cento, com analistas do Bank of America Merrill Lynch elevando preço-alvo da ação para 12 reais e mantendo a recomendação de "compra".

A trégua no avanço do dólar no exterior amenizou a alta da moeda norte-americana frente ao real e enfraqueceu papéis como do setor de papel e celulose e de empresas exportadoras.

No caso das siderúrgicas, que tendem a reagir ao dólar, Usiminas descolou, principalmente os papéis ordinários, que não estão no Ibovespa e voltaram a disparar, fechando em alta de 35,29 por cento.

Operadores não souberam justificar o forte avanço, conforme a companhia segue mergulhada em uma crise interna de disputa de poder. CSN, que detém ações da empresa e cobra na justiça direito de tag along na operação que levou o grupo Ternium-Techint ao bloco de controle da companhia, foi na esteira e subiu 1,64 por cento.

Veja as maiores altas e baixas do Ibovespa nesta segunda-feira:

ALTAS

Ação Preço(R$) Variação

CCR RODOVIAS ON 14,83 5,55%

ENERGIAS BR ON 9,17 5,4%

OI PN 6,56 5,3%

MULTIPLAN ON 52,36 3,81%

BMF BOVESPA ON 9,96 3,21%

ECORODOVIAS ON 9,27 3%

CIELO ON 44,65 2,64%

LIGHT S/A ON 13,68 2,01%

QUALICORP ON 23,8 2,01%

PETROBRAS PN 8,46 1,93%

BAIXAS

Ação Preço(R$) Variação

MARCOPOLO PN 2,23 -4,29%

KLABIN UNT 17,77 -3,37%

FIBRIA ON 40,25 -3,27%

GAFISA ON 1,84 -3,16%

SUZANO PAPEL PNA 13,83 -3,15%

PDG REALT ON 0,4 -2,44%

GERDAU MET PN 11,5 -1,96%

GOL PN 8,18 -1,92%

MARFRIG ON 4,09 -1,92%

CEMIG PN 11,53 -1,87%

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below