Ações dos EUA sobem com queda do dólar e menos preocupações com Fed

segunda-feira, 16 de março de 2015 17:58 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas dos Estados Unidos saltaram mais de 1 por cento nesta segunda-feira, com o dólar dando um respiro após seu recente rali em meio a menores preocupações com a eventual alta de juros do Federal Reserve, banco central norte-americano.

O índice Dow Jones avançou 1,29 por cento, para 17.977 pontos. O Standard & Poor's 500 subiu 1,35 por cento, para 2.081 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq ganhou 1,19 por cento, para 4.929 pontos.

O S&P 500 registrou a maior alta percentual desde 3 de fevereiro, com o índice do setor de serviços públicos, que tende a ter bom resultado em ambiente de baixa taxa de juros, entre os melhores desempenhos, com alta de 1,7 por cento.

Todas as atenções do mercado estão voltadas para o comunicado do Fed na quarta-feira, quando os investidores esperam que o banco central sinalize de forma mais clara o momento de sua primeira alta de juros em quase uma década.

"Parece que as expectativas sobre a taxa de juros estão guiando o mercado agora", disse o presidente da Platinum Partners, Uri Landesman, em Nova York.

A queda da moeda norte-americana ajudou a aliviar algumas preocupações sobre como um forte dólar pode prejudicar os resultados de multinacionais dos EUA.

As ações do setor de energia subiram, ampliando a valorização no fim da sessão, apesar de novas perdas nos preços do petróleo. O índice de energia do S&P 500 subiu 1,4 por cento, embora o petróleo nos EUA tenha caído 2,14 por cento, a 43,88 dólares o barril, e durante o dia tenha atingido o menor nível desde março de 2009.

Os papéis da Exxon Mobil subiram 1,1 por cento, a 84,76 dólares.

 
16/03/2015. REUTERS/Lucas Jackson