Interesse em leilão da ponte Rio-Niterói mostra confiança na economia, diz Pezão

segunda-feira, 16 de março de 2015 20:24 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O interesse de ao menos seis grupos no leilão de concessão da ponte Rio-Niterói é uma demonstração de confiança na economia brasileira em um momento conturbado do país, disse nesta segunda-feira o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão.

O certame está programado para acontecer na próxima quarta-feira, em meio a um cenário de alta da inflação, fragilidade econômica e insatisfação de parte da sociedade.

No domingo, milhares de pessoas foram as ruas de todo o Brasil protestar contra o governo da presidente Dilma Rousseff e pedir mudanças.

Para Pezão, o interesse despertado pelo leilão da ponte mostra "que o Brasil tem jeito".

"Se tem seis interessados nesse momento de dificuldade, isso é muito bom. O Brasil não pode parar", disse ele a jornalistas em evento no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

"A gente sendo criativo... podemos fazer o ajuste fiscal no país, podemos atrair muitos investimentos e gerar muito emprego" adicionou o governador.

O leilão da ponte é o primeiro grande teste do governo federal num cenário aparentemente adverso.

"Acho que seis empresas procuraram é um sinal de crença no país. Esse é um projeto de longo prazo e um grande teste", acrescentou.

O certame de quarta-feira, que vai conceder a gestão da ponte por 30 anos e exigir investimentos de 1,3 bilhão de reais, também será o primeiro grande leilão depois que a Operação Lava Jato apertou o cerco nas investigações de corrupção, envolvendo algumas das principais empreiteiras do Brasil e a Petrobras.

(Por Rodrigo Viga Gaier)