Siderúrgica estatal chinesa planeja fechar instalações por excesso de capacidade

terça-feira, 17 de março de 2015 08:02 BRT
 

XANGAI (Reuters) - Uma siderúrgica estatal chinesa fechará a maior parte de suas instalações após a queda dos preços do minério de ferro a forçar a interromper a produção e dispensar trabalhadores, sinal do dano que o persistente excesso de capacidade tem feito ao setor.

A Pangang Group Chengdu Steel & Vanadium, subsidiária da Panzhihua Steel na província de Sichuan, no sudoeste da China, fechará seus altos-fornos e interromperá a produção de produtos de aço mais baratos ainda neste mês após sofrer grandes perdas, disseram um funcionário de uma usina e fontes do setor.

A parada fará com que a companhia permaneça fabricando apenas tubos de padrão superior.

Espera-se que as siderúrgicas chinesas enfrentem mais dificuldades neste ano devido à elevação dos custos ambientais, excesso de capacidade e crescimento mais lento da demanda no maior consumidor do mundo. As usinas menos eficientes devem fechar permanentemente.

"Interromperemos a fabricação de ferro a partir do minério por razões ambientais e a de aço de construção de menor padrão devido ao excesso de capacidade", disse um funcionário da área de vendas da empresa, que preferiu não ser identificado pois não está autorizado a falar com a imprensa.

(Por Ruby Lian e David Stanway)