PF faz operação contra fraude de R$100 mi em financiamentos da Caixa

terça-feira, 17 de março de 2015 11:32 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Polícia Federal lançou uma operação nesta terça-feira para desarticular quadrilha suspeita de fraudar financiamentos imobiliários da Caixa Econômica Federal, provocando prejuízo estimado em 100 milhões de reais.

A operação da PF, com participação de 133 agentes federais, tem como objetivo cumprir 34 mandados de condução coercitiva e 31 mandados de busca e apreensão nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Além disso, há 10 pedidos de afastamento de empregados públicos e bloqueios de contas correntes.

"Os membros da organização, com a ajuda de empregados da própria CEF, inclusive gerentes regionais, facilitavam o recebimento de valores de contratos de até 1 milhão de reais, aceitando documentos falsos e liberando os valores sem as devidas garantias", disse a PF em nota oficial sobre a operação, entitulada Dolos.

Segundo a polícia, a maior parte dos imóveis utilizados no esquema de fraude estaria na Região dos Lagos fluminense, alguns dos quais receberam sobrevalorização de 1 mil por cento do valor de mercado. Também há contratos de imóveis que nem existem.

Em nota, o banco afirmou que a fraude foi identificada pela Caixa por meio de mecanismos de controle interno e iniciou processo de apuração interna contra os empregados envolvidos, "que já resultou em demissões e suspensões".

Os investigados serão indiciados, de acordo com suas participações, por associação criminosa, falsificação de selo ou sinais públicos, falsificação de documentos públicos, estelionato, peculato, corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de capitais, informou a PF.

(Por Pedro Fonseca)

 
Logo de agência da Caixa no Rio de Janeiro.   20/10/2014 REUTERS/Pilar Olivares