Ajuste fiscal tem impacto restritivo, mas é necessário para crescimento, diz ministro do Planejamento

terça-feira, 17 de março de 2015 11:29 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, disse nesta terça-feira que as medidas fiscais adotadas pelo governo para reorganizar as contas públicas têm impacto restritivo na economia, mas são necessárias para recolocar o país na rota do crescimento.

O ministro, que participa de audiência na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal, disse ainda que o primeiro passo para o crescimento é levar a inflação para o centro da meta de 4,5 por cento (com dois pontos percentuais de intervalo de tolerância) e buscar o equilíbrio fiscal.

(Reportagem de Luciana Otoni)

 
Ministro Nelson Barbosa, em Brasília. REUTERS/Ueslei Marcelino