Queda das importações impulsiona superávit comercial da zona do euro em janeiro

quarta-feira, 18 de março de 2015 08:50 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - As importações na zona do euro caíram em janeiro na comparação anual e as exportações continuaram estáveis, impulsionando o superávit comercial da área de moeda única, mostraram dados da agência de estatísticas da União Europeia (Eurostat) divulgados nesta quarta-feira.

A Eurostat informou que as importações não ajustadas caíram 6 por cento na base anual em janeiro, para 140,3 bilhões de euros, enquanto as exportações ficaram quase inalteradas em 148,2 bilhões de euros, resultando num superávit de 7,9 bilhões de euros, bem abaixo das expectativas de mercado de 15 bilhões de euros.

Segundo a Eurostat, os números ajustados sazonalmente não estavam disponíveis nesta divulgação de dados devido a problemas técnicos.

O saldo não ajustado se deveu principalmente a uma queda no custo de importações de energia, que para a União Europeia, de 28 países, despencou 37 por cento em janeiro na base anual para 26,4 bilhões de euros. O déficit da UE no comércio de energia caiu para 20 bilhões de euros ante 32,6 bilhões de euros um ano antes.

(Por Jan Strupczewski)