CVM multa ex-presidente e diretor da RI da CCX em R$200 mil

quarta-feira, 18 de março de 2015 13:11 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Colegiado da Comissão de Valores Mobiilários (CVM) decidiu, em julgamento nesta quarta-feira, impor multa de 200 mil reais ao executivo José Gustavo de Souza Costa por não ter divulgado fato relevante em 2013 após informações divulgadas na imprensa sobre sua renúncia ao cargo de presidente e diretor de relações com investidores da companhia.

Dias depois depois da publicação da informação na imprensa, a renúncia foi confirmada.

Este foi o terceiro processo julgado nesta quarta-feira a envolver executivos do grupo EBX. Neste caso, o empresário Eike Batista ainda não foi envolvido. Até o momento, o executivo já foi multado em 800 mil reais pela autarquia, em processos referentes à MPX, atual Eneva, e LLX, atual Prumo Logística.

(Por Juliana Schincariol)