March 19, 2015 / 1:38 PM / 2 years ago

Lucro líquido da Kroton dobra no 4º tri

3 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO (Reuters) - O lucro líquido da Kroton Educacional dobrou no quarto trimestre sobre um ano antes, para 244 milhões de reais, com o crescimento do número de alunos pagantes e da incorporação dos números da Anhanguera impulsionando a receita da companhia.

Também favoreceram os resultados da Kroton no período um aumento de 5,8 por cento no valor médio das mensalidades (ticket médio líquido) na comparação anual, para 638,31 reais, e na receita de alunos do Pronatec.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado da empresa saltou no quarto trimestre para 400,3 milhões de reais ante 173 milhões no mesmo período de 2013, com margem de 32,5 por cento ante 33,4 por cento.

Analistas, em média, esperavam lucro líquido de 246,5 milhões de reais para a Kroton e Ebitda de 346 milhões no quarto trimestre.

Por sua vez, a receita líquida totalizou 1,23 bilhão de reais, também disparando sobre o faturamento de 518,6 milhões de um ano antes.

A Kroton encerrou 2014 com 258.794 alunos matriculados com contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), um crescimento de 12 por cento em relação ao trimestre anterior, com a adesão de cerca de 27 mil alunos, principalmente advindos das instituições da Anhanguera.

Já a base total de alunos de ensino superior atingiu 987 mil estudantes ao fim do quatro trimestre, um recuo de 3,8 por cento em relação ao trimestre imediatamente anterior por conta de fatores sazonais, disse a empresa.

Fies

A companhia disse estar tomando todas as medidas para minimizar os impactos de mudanças promovidas pelo governo federal no Fies em seus processos de captação de estudantes. Uma das frentes da companhia está sendo disponibilizar por ensino a distância conteúdos para preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) gratuitamente aos alunos de escolas de ensino médio nos locais onde atua para reduzir o número de alunos inelegíveis ao Fies.

O Ministério da Educação anunciou no final do ano passado mudanças no sistema de financiamento, como exigência de nota mínima de 450 pontos no Enem com validade a partir de 30 de março.

A Kroton também está disponibilizando modelos de parcelamento ou financiamento privados para que alunos possam iniciar ou continuar os estudos mesmo sem o apoio do Fies, com um serviço de parcelamento especial já sendo ofertado.

"Além das ações de recuperação de receita, estamos conduzindo os ajustes necessários para redimensionar o orçamento do ano e as estruturas das áreas", acrescentou a companhia.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below