Comissão dos EUA aprova acordo com México sobre comércio de açúcar

quinta-feira, 19 de março de 2015 19:10 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - Reguladores dos Estados Unidos aprovaram nesta quinta-feira um controverso acordo comercial com o México que impõe uma cota para a importação de açúcar e estabelece preços mínimos, rejeitando questionamentos de refinarias norte-americanas e deixando a batalha comercial mais perto de um fim, após cerca de um ano de discussões.

A decisão da Comissão de Comércio Internacional dos EUA abriu caminho para a acordo de suspensão entre EUA e México que estabelece valores mínimos e coloca uma limitação nos volumes comprados do México.

Duas refinarias norte-americanas, a Imperial Sugar, da Louis Dreyfus Commodities [AKIRAU.UL], e a AmCane Sugar, dizem que serão prejudicadas com a implementação das restrições.

A disputa afeta o comércio de açúcar na América do Norte desde o fim de março de 2014, quando um grupo representando empresas de açúcar dos EUA e agricultores pediu ao governo dos EUA que implementasse barreiras antidumping e antissubsídios.

(Por Krista Hughes)