Mudanças no Fies podem criar oportunidades de fusão e aquisição para Estácio

sexta-feira, 20 de março de 2015 11:25 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As mudanças que restringiram o programa federal de financiamento ao ensino superior, Fies, devem criar oportunidades de fusão e aquisição para a Estácio, diante de possíveis dificuldades de instituições de ensino menores em captar novos alunos, afirmou o presidente da companhia, Rogério Melzi, nesta sexta-feira.

"O pipeline (fluxo de oportunidades) está extremamente fértil e intensificamos a busca por oportunidades", disse Melzi em teleconferência com analistas. "Um dos efeitos colaterais das mudanças no Fies pode ser oportunidades boas para consolidação, porque dificultam a captação (de alunos) por empresas de menor porte", acrescentou o executivo.

Na noite da véspera, a Estácio divulgou alta de quase 80 por cento no lucro líquido do quarto trimestre sobre um ano antes e as ações da companhia disparavam mais de 10 por cento às 11h21 desta sexta-feira, liderando as altas do Ibovespa.

Executivos da companhia comentaram aos analistas que esperam 113 mil novas matrículas de alunos este ano, após cerca de 120 mil em 2014.

(Por Alberto Alerigi Jr.)