Brasil terá leve aumento na 2ª colheita de milho em 2015, prevê Safras

sexta-feira, 20 de março de 2015 13:42 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil deverá produzir 45,48 milhões de toneladas na segunda safra de milho deste ano, ligeira alta na comparação com o volume colhido em 2014 (45,2 milhões), previu nesta sexta-feira a consultoria Safras & Mercado.

A área a ser cultivada na segunda safra brasileira de milho é estimada em 8,130 milhões de hectares, superando em 2,1 por cento os 7,965 milhões de hectares registrados em 2014.

"Esse percentual somente não é maior diante da expectativa de queda de 2 por cento na área a ser cultivada pelo Mato Grosso, que deve ficar em 3,159 milhões de hectares", disse o analista de Safras Paulo Molinari.

Molinari afirmou, segundo nota da Safras, que a produtividade média deve ficar em 5.594 quilos por hectare, aquém dos 5.674 quilos por hectare obtidos no ano passado.

"O maior rendimento deve ser registrado no Paraná, com 6.105 quilos por hectare, à frente de Goiás, que deve colher uma média de 6.000 quilos por hectare de milho na segunda safra", afirmou.

O Estado com maior produção deverá ser o Mato Grosso, com 16,428 milhões de toneladas, seguido pelo Paraná, com 11,172 milhões de toneladas, e Goiás, com 8,169 milhões de toneladas.

O plantio da safra de milho de Mato Grosso foi encerrado nesta semana, mostraram dados do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgados nesta sexta-feira.

Ao final de janeiro, a Safras estimou a colheita total do Brasil em quase 75 milhões de toneladas, considerando a produção do verão.

(Por Roberto Samora)

 
Milho sendo colhido em Santo Antônio do Jardim. 06/02/2014 REUTERS/Paulo Whitaker