EXCLUSIVO-Consultas ao BNDES têm forte queda neste trimestre, dizem fontes

sexta-feira, 20 de março de 2015 17:22 BRT
 

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - As consultas por novos financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) apresentam forte queda neste trimestre na comparação com um ano antes, colocando a cúpula da instituição em estado de atenção, disseram três fontes a par do assunto à Reuters nesta sexta-feira.

As consultas ao BNDES são um termômetro importante do apetite de empresários para realizar investimentos e um indicativo da atividade da economia brasileira. A consulta é o primeiro passo dado por uma companhia para obter empréstimo do BNDES.

"Houve uma parada expressiva nas consultas e na demanda por recursos", disse à Reuters uma das fontes.

Nenhuma das três fontes, que falaram sob condição de anonimato, soube informar valores precisos.

Em 2014, o BNDES já viu uma redução de 15 por cento no valor das consultas à instituição, que totalizaram 236,2 bilhões de reais, em um ambiente de estagnação da economia.

Neste ano, a economia brasileira deve ter contração de 0,78 por cento, segundo as previsões no mais recente boletim Focus, do Banco Central.

Procurada, a assessoria de imprensa do BNDES informou que o banco não vai se pronunciar sobre as consultas nos primeiros meses de 2015, uma vez que o desempenho operacional do primeiro trimestre será divulgado em data a ser confirmada.

  Continuação...

 
20/03/2015. REUTERS/Ricardo Moraes