Toyota deve aprovar nova fábrica no México em poucas semanas, dizem fontes

domingo, 22 de março de 2015 10:34 BRT
 

Por Maki Shiraki e Joanna Zuckerman Bernstein

TÓQUIO/CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A Toyota está finalizando os planos para a sua primeira montadora de automóveis no México, que pode ser aprovada por sua diretoria já no próximo mês, de acordo com três fontes.

A fábrica produziria o popular sedan compacto Corolla e começaria a operar em 2019. Com base nos investimentos recentes de suas concorrentes, incluindo a Volkswagen, uma nova montadora representaria um investimento de mais de 1 bilhão de dólares para a Toyota.

A luz verde para a fábrica sinalizaria o fim de um congelamento de 3 anos nos planos de expansão imposto pelo presidente da montadora japonesa, Akio Toyoda, que acusou a expansão agressiva de uma década atrás de ter contribuído para lapsos de qualidade e para a crise de recalls em 2009.

No ano passado, Toyoda pediu que os funcionários que procuravam um local no México para a nova fábrica interrompessem os trabalhos e reavaliassem as justificativas para o projeto, disseram executivos envolvidos no assunto. A empresa pediu aos executivos para otimizarem a produção das fábricas existentes.

A Toyota é a última fabricante de automóveis do mercado de massa sem um importante polo de produção no México, que tem atraído os fabricantes de automóveis e fornecedores com seus baixos custos de mão-de-obra e acesso livre de tarifas para os Estados Unidos, o maior mercado da Toyota. A empresa japonesa possui uma fábrica em Baja Califórnia, no México, que produz a picape Tacoma, mas não tem nenhuma fábrica de automóveis de passeio.