BC alemão diz que euro deve ser capaz de resistir a insolvência de país-membro

segunda-feira, 23 de março de 2015 09:56 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - Medidas devem ser tomadas para assegurar que a zona do euro possa resistir a uma possível insolvência de um de seus membros, disse o Bundesbank, banco central alemão, nesta segunda-feira em seu relatório mensal.

"A crise financeira e de dívida soberana ... ainda precisa ser superada", disse o banco central no relatório, reiterando que Estados e investidores devem assumir responsabilidades por suas dívidas.

"Em relação a isso, a união monetária deve ser capaz de resistir ao caso extremo de insolvência de um Estado-membro".

O comunicado do Bundesbank, que veio com recomendações de que medidas sejam adotadas para assegurar que grandes bancos possam ser fechados ao mesmo tempo em que se minimiza qualquer impacto sobre países, trata de um tabu na zona do euro-- o de um Estado-membro se tornar insolvente.

As declarações vêm num momento sensível, em que o novo governo da Grécia está tentando negociar um novo acordo com seus credores internacionais, incluindo países da zona do euro como a Alemanha.

Em seu relatório, o banco central também projetou uma melhora econômica contínua na Alemanha no segundo trimestre do ano, graças à demanda doméstica e no exterior.

"A economia alemã terá crescido fortemente no primeiro trimestre do ano após uma expansão surpreendentemente forte ao final de 2014", segundo o relatório.

"Também há sinais de um movimento econômico para cima vigoroso e continuado no segundo trimestre".

(Por John O'Donnell)