Importação chinesa de milho da Ucrânia quase triplica em fevereiro

segunda-feira, 23 de março de 2015 11:50 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A China, segundo maior consumidor de milho do mundo, importou 574 mil toneladas do cereal da Ucrânia em fevereiro, quase o triplo do adquirido no mesmo mês do ano passado, mostraram dados oficiais nesta segunda-feira.

As importações de fevereiro elevam o volume total exportado pelo país do Mar Negro para a China para 1,04 milhão de toneladas nos dois primeiros meses de 2015, quase cinco vezes o tamanho dos carregamentos no mesmo período de 2014, segundo dados da alfândega chinesa.

A China aumentou as importações de grãos da Ucrânia por meio de um acordo de empréstimo por grãos iniciado em 2013. As importações originadas na ex-república soviética responderam por mais de 90 por cento das importações de milho pela China no mês passado.

Agentes do mercado dizem que o milho dos EUA tem se tornado menos popular entre compradores chineses desde que os fornecedores norte-americanos passaram a pedir que os compradores arquem com os custos do risco potencial de importações de milho transgênico.

(Por Niu Shuping e David Stanway)