Alemanha quer que Grécia cresça e reduza desemprego, diz Merkel

segunda-feira, 23 de março de 2015 15:53 BRT
 

BERLIM (Reuters) - A chanceler alemã, Angela Merkel, disse ao lado do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, nesta segunda-feira que seu país quer que a economia da Grécia cresça e que supere o alto desemprego, mas isso requer reformas estruturais e sólidas finanças públicas.

"Nós queremos que a Grécia seja forte economicamente, nós queremos que a Grécia cresça e, acima de tudo, nós queremos que a Grécia supere seu alto desemprego", disse Merkel em uma coletiva de imprensa ao lado de Tsipras, após conversas iniciais na primeira visita dele a Berlim como primeiro-ministro grego.

Merkel disse que as conversas mostraram "um apetite por cooperação" apesar da permanência das divergências. Ela acrescentou que as propostas de reformas do novo premiê grego seriam avaliadas pelos ministros de finanças da zona do euro, e não apenas por Berlim.

(Por Stephen Brown, Michael Nienaber e Andreas Rinke)

 
A chanceler alemã, Angela Merkel, e o primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, se preparam para um aperto de mãos após entrevista coletiva em Berlim. 23/03/2015.   REUTERS/Hannibal Hanschke